Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Maria Ótima

Na cozinha, como na arte não há certo ou errado, há opções práticas, saudáveis e combinações inusitadas, coloridas pois nem tudo o que sabe bem faz mal!

Maria Ótima

Na cozinha, como na arte não há certo ou errado, há opções práticas, saudáveis e combinações inusitadas, coloridas pois nem tudo o que sabe bem faz mal!

15 ideias para se reconciliar com o espelho | Depois dos excessos das férias

 

 

 

burgers-1441843_1920 (2).jpg

 

Depois das merecidas férias, em que se cansou de repetir "eu mereço esta sobremesa"... "eu tenho direito a um gelado"...eu posso isto e aquilo!!!  Está na hora de repetir:

 

"eu mereço retomar a alimentação saudável, pela minha saúde, pela minha forma e pela minha autoestima".

 

Aceita o desafio? Sim?

Então vamos recordar algumas regras básicas para se livrar dos hábitos menos saudáveis que deixou instalar neste período de maior "permissividade".

 

1 - Abra o frigorífico e a dispensa e livre-se dos produtos que comprometem a sua intenção: margarinas, natas, óleos, batatas fritas ou pré-fritas, comida pronta, cereais instantâneos de pequeno almoço, salsichas, enchidos, bolachas, chantilly, molhos, refrigerantes, açúcar branco, rebuçados; 

 

2 - Lembre-se de envolver a família, uma vez que o êxito deste plano só pode ter sucesso com a anuência de todos. Muito mais importante do que fazer uma dieta para perda de peso é a reeducação alimentar, por isso, ao  investir em preparar-se para comer melhor, de acordo com hábitos mais saudáveis,  tem de  fornecer a informação necessária a todos para que comecem a aceitar a mudança.

 

3 - Prefira peixe e legumes. Coloque a família perante experiências novas e saborosas seleccionado das nossas receitas aquelas que mais lhe agradam. 

 

4 - Preferia alimentos crus, cozidos, assados ou salteados. Use o forno para fritar apenas com um fio de gordura. Lembre-se de não ter óleo em casa, assim quando tiver a tentação dos fritos, não há como...

  

5 - Introduza na sua alimentação um legume novo por semana, variando o mais possível. Procure estimular a família na busca de combinações felizes e agradáveis ao paladar e à vista. Um prato colorido e harmoniosamente apresentado é muito mais apetecível.

 

6 - Ouse misturar frutas e legumes durante as refeições as combinações doces e salgadas, crocantes e macias são muito estimulantes para o paladar.

 

7 - Comece sempre a refeição com uma salada, evite temperar com muita gordura. Habitue-se ao sabor natural dos alimentos.

 

8 - Beba pelo menos 1,5 de liquídos por dia (água e chás)

 

9 - Reduza o consumo de café.

 

10 - Mime-se com um, e só um, quadradinho de chocolate preto por dia  que tenha mais de 70% de cacau.

 

11- Prepare o seu almoço na véspera e leve a lancheira para o trabalho. Inclua lanches de cenoura crua, endívias, nabos, tremoços dessalados, rabanetes...

 

12 - Facilite a sua vida fazendo um plano semanal da sua alimentação e da sua família.

 

13 - Na ida ao supermercado leve uma lista que evite alguns alimentos menos saudáveis. Pense que se não houver em casa, não se come certo? Mas pense sobretudo numa alternativa ao produto que vai evitar. Recordamos alguns exemplos:

       

Substitua por

Alternativa saudável

Cereais de pequeno almoço

Flocos de aveia (mingau de aveia)

Bolachas

Frutos secos ou bolinhos caseiros, Palitos de beringela

Açúcar branco  

Açúcar amarelo, escuro, e ou  mel

Salsichas  

Peito de frango para cozinhar

Chantilly

Iogurte grego natural magro

Batatas fritas em óleo    

batatas doces fritas no forno

Arroz branco  

Arroz integral ou arroz sem arroz

Chocolate de leite

Chocolate preto com mais de 70% de cacau

Batatas chips

Chips de courgettechips de beterraba

Margarina

Azeite

Manteiga 

Manteiga de azeite

Ketchup e maionaise de compra 

Molhos caseiros de iogurte e ervas

Batata branca

Batata doce e ou courgette

Gelados de compra

Sorvete de banana

           

 14 - Siga as receitas da Maria Ótima. Todas são pensadas para melhorar a saúde evitando os excessos de produtos processados e com base em alimentos que se consideram mais saudáveis.

 

15 - Seja crítico/a da sua alimentação. Observe os maus hábitos e planeie uma estratégia que os contrarie.

 

Com estas ideias temos a certeza que pode obter bons resultados! Ficaríamos felizes se nos quisesse dar notícias disso.

Se precisar de estimúlo ou ajuda. Estamos cá, ao seu dispor!

 

Gostou?

Deixe-nos a sua opinião e partilhe no seu facebook ( encontra os links no fim desta página)

Muito Obrigada