Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria Ótima

Na cozinha, como na arte não há certo ou errado, há opções práticas, saudáveis e combinações inusitadas, coloridas pois nem tudo o que sabe bem faz mal!

Maria Ótima

Na cozinha, como na arte não há certo ou errado, há opções práticas, saudáveis e combinações inusitadas, coloridas pois nem tudo o que sabe bem faz mal!

Filetes de Paloco com poejos | Cozinha fácil

Filetes com poejos_Maria Ótima.jpg

 

 

1 embalagem de filetes, temperados pelo menos 1 hora antes com sal, orégãos, pimenta

1 lata de tomate pelado

1 alho francês (parte verde e parte branca) cortado em fatias

1 pé de poejos

1 cebola picada

2 dentes de alho picados

azeite, sal, orégãos q.b.

 

Faça uma tomatada com os tomates esmagados, a cebola, o alho e o azeite, deixando cozer até a cebola ficar macia.

Junte o alho francês e deixe cozinhar mais 7 a 8 minutos. Tempere de sal e se for necessário acrescente um pouco de água.

Junte os filetes e os poejos e cozinhe  mais 3 minutos.

Pode servir com espinafres salteados ou escolher outro acompanhamento aqui!

Gostou?

Deixe-nos a sua opinião e partilhe no seu facebook ( encontra os links no fim desta página)

Muito Obrigada

Poejos_Maria Ótima.jpg

 

Poejos_Maria Ótima3.jpg

 

Poejos2_Maria ótima.jpg

 

 

Filetes com poejos2_Maria Ótima.jpg

 

 

Biscoitos de limão e gengibre | Cozinha fácil

DSC00548.JPGBocoitos de limão e gengibre_Maria Ó

 

Deliciosos e ideais para lanches e pequenos almoços.  

 

2 ovos grandes

230 g de farinha de arroz

80 g de açúcar mascavado escuro

4 colheres de sopa de azeite

1 colher de sopa de gengibre fresco, ralado

1 colher de sobremesa de fermento em pó

Sumo e raspa de 1 limão

 

Junte todos os ingredientes e bata bem.

Num tabuleiro forrado com papel vegetal espalhe pedaços de massa com uma colher.

Vai ao forno a 180 graus até ficarem bem corados.

Gostou?

Deixe-nos a sua opinião e partilhe no seu facebook ( encontra os links no fim desta página)

Muito Obrigada

Limões_Maria Ótima.jpg

 

 

Espinafres salteados com queijo

Espinafres Salteados com queijo_Maria Ótima mixjp

 

1 molho de espinafres

2 dentes de alhos

Azeite

Queijo fresco de cabra ou queijo fresco magro

Sal e pimenta

 

Lave os espinafres e corte-os a gosto (pedaços maiores ou tiras mais finas).

Numa frigideira antiaderente, com um fio de azeite, aloure ligeiramente  os alhos picados.

Junte os espinafres e deixe cozinhar cerca de 3 a 4 minutos.

Sirva com pedaços com queijo fresco de cabra. Também combina com outros queijos brancos como o Mozzarella magro, ou de sabor mais intenso como o Feta ou o Chévre. 

Gostou?

Deixe-nos a sua opinião e partilhe no seu facebook ( encontra os links no fim desta página)

Muito Obrigada

Lasanha de vegetais

Lasanha de legumes_Maria Ótima.jpg

 

vegetais variados (couve coração, cenoura, cebola, courgette, etc)

6 folhas de lasanha fresca (se estiver de dieta pode usar uma ou duas beringelas cortadas em lâminas finas)

1 embalagem de creme de soja

queijo ralado magro

1 lata pequena de concentrado de tomate

1 cebola grande picada

3 alhos picados

Orégãos, piri-piri, azeite e sal q.b.

 

Leve ao lume o concentrado de tomate com a cebola, os alhos e o piri-piri cerca de 5 minutos. Junte os vegetais cortados grosseiramente e vá mexendo durante cerca de 10 minutos, até amolecerem; entretanto se o molho reduzir demasiado acrescente um pouco de água.

Num tabuleiro ponha no fundo um pouco do molho de tomatada, espalhe a seguir uma camada de folhas de lasanha ou de fatias de beringela) e ponha por cima parte da tomatada de legumes. Repita até acabar a lasanha e a tomatada, certificando-se que fica uma camada de lasanha por cima.

Espalhe o creme de soja e polvilhe com o queijo ralado magro. Leve ao forno médio até alourar.

Gostou?

Deixe-nos a sua opinião e partilhe no seu facebook ( encontra os links no fim desta página)

Muito Obrigada

Lasanha de legumes_Maria Ótima.2jpg.jpg

 

 

Creme verde | Sopa detox

 

 

Creme verde_Maria Ótima.jpg

 

Para  libertar o organismo dos excessos de Páscoa aqui está a nossa sugestão neste creme verde !

 

1 cabeça de brócolos

1 courgette c/ casca

1 alho francês inteiro

1,5 lt de Água

Azeite e Sal q.b.

 

Lavam-se os legumes e cortam-se em pequenos pedaços. Levam-se a cozer em água numa panela de pressão, por cerca de 10 minutos (depois de ganhar pressão).

Triture tudo, acrescente um fio de azeite e retifique de sal.

Gostou?

Deixe-nos a sua opinião e partilhe no seu facebook ( encontra os links no fim desta página)

Muito Obrigada

Bróculos_Maria Ótima.jpg

 

Cristina Sales | Citações

A geração dos nossos filhos terá uma esperança de vida mais reduzida do que a nossa por causa dos estilos de vida e da alimentação. Primeiro, os produtos altamente processados pela indústria alimentar conduzem a uma desnutrição em nutrientes fundamentais e ingerimos uma grande quantidade de calorias vazias. Segundo, são muito diferentes dos alimentos originais e o organismo não sabe lidar com eles, não os reconhece como alimentos. Depois, há uma sobrecarga tóxica inerente à alimentação que provém dos agroquímicos (da produção), dos conservantes, corantes e adoçantes que são adicionados para preservar os produtos durante mais tempo e para os manter bonitinhos.

 

Cristina Sales

Médica de Família e 
Especialista em Medicina Funcional e Integrativa 
Notícias Magazine  25/04/2014

Esmagada de grãos com nabiças e bacalhau

 

Esmagada  de grãos com nabiças.jpg

Apresentamos mais um prato de grão com bacalhau revisitando os sabores tradicionais. Testado e aprovado com a garantia Ótima!!!

 

 

3 postas de bacalhau

2 cebolas novas

5 dentes de alho

Azeite q.b.

1 lata/frasco de grãos cozidos

1 ramo nabiças lavadas e sem os talos

 

Coza  o bacalhau e limepe-os de peles e de espinhas.

Entretanto leve ao lume as duas cebolas cortadas em meia lua e deixe-as dourar e reserve.

À parte aloure os dentes de alhos esmagados adicione as nabiças bem cortadas e muito bem escorridas e deixe-as salatear. Assim que estiverem ao seu gosto adicione os grão previamente esmagados mas sem insitir muito deixando uma boa parte inteiros.  Envolva bem e acrescente a cebola. 

Sirva com o bacalhau cozido regado com azeite aromatizado com alho.

Gostou?

Deixe-nos a sua opinião e partilhe no seu facebook (encontra os links no fim desta página)

Muito obrigada

 

Cookies Salgados | Cozinha fácil

 

 

Cookies Salgados_Maria Ótima.jpg

 

 

150 g de tomate, maduro mas rijo, cortado em cubinhos

1 lata de atum ao natural, bem escorrida

300 g de farinha integral de arroz

1 colher de chá de fermento

2 dl de leite magro

4 colher de sopa de azeite

50 g de queijo ralado

1 ovo grande

1 colher de café de raspa de limão

1 ramo de salsa picada

3 c. sopa de azeitonas pretas picadas

Sal e pimenta

 

Misture a farinha, o fermento e o queijo.

À parte bata o ovo com o azeite e o leite,  junte-os à farinha, envolva bem e  acrescente os restantes ingredientes batendo até obter uma massa homogénea.

Disponha colheradas de massa num tabuleiro forrado com papel vegetal, e leve cerca de 20 minutos ao forno a 180 graus.

Fácil! Muito Fácil!!!

Gostou?

Deixe-nos a sua opinião e partilhe no seu facebook ( encontra os links no fim desta página)

Muito Obrigada

Migas de nabiças com broa e feijão frade

As migas são um prato tradicional português cuja base é o pão. Consoante as regiões do país as migas ganham cores, texturas e aromas diversificados. Estas foram feitas com broa e feijão frade à moda do norte mas moldadas de acordo com os preceitos do sul. O que interessa é que o resultado final foi ótimo!

 

MIgas de naiças com broa e ff_Maria Ótima.2jpg.j

 

1 molho de nabiças lavadas, limpas dos pés e cortadinhas

3 dentes de alho

1 ramo de cheiros

sal e pimenta

1 lata pequena de feijão frade

Meia broa pequena

Sumo de uma laranja grande e sumarenta

 

 

No robot de cozinha triture a broa com o ramo de cheiros 

Esmague os dentes de alho e aqueça-os num frigideira funda ou wok, adicione as nabiças e salteie-as por breves instantes. Junte a broa, e envolva bem, adicione o sumo de laranja  e o feijão e deixe cozinhar um pouco. Comece a  envolver as migas até começar a forma crosta suave moldando-as a gosto. Vá dando voltas com a frigideira até que alourem de ambos os lados.

Rectifique de sal, pimenta e azeite.

Não deixe que fiquem demasiado secas uma vez que a broa tem a tendência para absorver os líquidos, se achar necessário adicione mais sumo de laranja.

Acompanhe com carne.

 

Gostou?

Deixe-nos a sua opinião e partilhe no seu facebook ( encontra os links no fim desta página)

Muito Obrigada

MIgas de nabiças com broa e ff_maria Ótima.jpg

 

 

Abóbora grelhada | 10 minutos

Abóbora grelhada_Maria Ótima mix2.jpg

 

Estou rendida à abóbora, da qual nunca fui fã. Para além de a cozinhar na sopa  e  misturada com os legumes assados, só  apreciava verdadeiramente o doce de abóbora com laranja, feito por mim, com pouco açúcar e acompanhado com requeijão.

Há dias  o meu cabaz  Prove, trazia uma abóbora manteiga pequenina e arrisquei cozinhá-la de forma diferente. 

 

Lavei e cortei a abóbora, em fatias, não a descasquei, e temperei com orégãos.

Aqueci uma placa de grelhados e pincelei-a com azeite, dispus as fatias de abóbora e deixei grelhar bem, até estar um pouco tostadinho. Pincelei com azeite e servi com carne assada. Adorei!!!

A abóbora passou a ser um dos meus frutos preferidos (sim, fruto e não legume, a abóbora é da família do melão e da melancia), de tal modo que já a servir mais duas vezes  cozinhada da mesma forma mas como entrada, acompanhada de queijo chévre, ou cortada em gomos, assada no forno e servida com queijo creme (tipo Filadélfia) e frutos secos ou sementes.

É uma entrada fascinante, pelo colorido, e absolutamente deliciosa! 

 

Gostou? Deixe-se tentar!!! Renda-se à alimentação saudável.

Deixe-nos a sua opinião e partilhe no seu facebook ( encontra os links no fim desta página)

Muito Obrigada

Terrine de Beringelas | Maria Ótima

A terrine é um prato tipicamente francês que inspirou esta nossa criação. Está testada e aprovada com ótimo paladar e é um prato com excelente apresentação que não é difícil de fazer mas que deve ser feito de véspera. É ideal para momentos de festa, uma vez que se prepara com antecedência, ou ainda para fazer no fim de semana e deixar pronto, no frigorífico, para almoços ou jantares. É excelente para dietas de emagrecimento e pode ser servido quente ou frio.

 

Terrine de beringela.Maria `otima.1mpg.jpg

 

3 beringelas (escolha as mais compridas que puder)

2 peitos de frango

2 cebolas

Metade de um pimento vermelho cortado aos quadradinhos

Metade de um pimento verde cortado aos quadradinhos

Sal e pimenta

Açafrão e nós moscada

1 ramo de cheiros (coentros e salsa)

Orégãos

1 colher de sopa de iogurte magro

1 ovo

200 g de queijo fatiado magro

Sumo de  um limão

 

Corte o peito de frango aos quadradinhos e tempere com sumo de limão, sal,  pimenta e uma colher de sopa de açafrão.

Com o descascador de legumes descasque as beringelas tendo o cuidado de deixar as tiras de casca inteiras. Reserve.

Entretanto pincele as beringelas com sumo de limão para que não oxidem.

Forre uma forma de bolo inglês com as cascas da beringela tendo o cuidado de as entrelaçar e de as deixar unidas. Se as cascas não forem suficientes corte algumas tiras de polpa de beringela com o descascador de legumes e complete a forma. Tenha o cuidado de deixar as pontas caídas para fora de forma a que no final possam forrar a parte de cima da terrine. Disponha agora uma camada de queijo às fatias no fundo e nas laterais e deixe duas fatias para a parte de cima.

Num wok leve a cebola cortada,às tiras largas, a alourar. Introduza o peito de frango temperado, o ramos de cheiros picados, o pimento e uma das beringelas cortada aos quadradinhos pequenos. Deixe apurar para que fique sequinho. Retifique os temperos.

Verta o preparado na terrine  e alise.

Bata o ovo com o iogurte e tempere-o com orégãos, disponha na forma, sobre o preparado, alise novamente e deixe que o ovo e o iogurte escorram para baixo. Comprima um pouco para que não fiquem espaços abertos.

Forre agora, por cima, com as restantes fatias de queijo e dobre as cascas da beringela sobre o queijo. Tente que tudo fique perfeitamente unido sobrepondo de forma entrelaçada as pontas das cascas.

Leve ao forno durante 30 minutos. Se criar algum liquido durante a cozedura, escorra-o para que a terrine fique sequinha.

Deixe arrefecer e leve ao frigorífico para consolidar. Desenforma bem, mas tenha o cuidado de despegar as laterais antes de tentar desenformar.

Sirva quente ou frio acompanhado das outras duas beringelas grelhadas e temperadas com azeite e orégãos.

 

Gostou?

Deixe-nos a sua opinião e partilhe no seu facebook ( encontra os links no fim desta página)

Muito Obrigada

 

 

Pág. 1/4