Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria Ótima

Na cozinha, como na arte não há certo ou errado, há opções práticas, saudáveis e combinações inusitadas, coloridas pois nem tudo o que sabe bem faz mal!

Maria Ótima

Na cozinha, como na arte não há certo ou errado, há opções práticas, saudáveis e combinações inusitadas, coloridas pois nem tudo o que sabe bem faz mal!

Queques de cenoura | Cozinha Ótima

500 g de cenoura

Catarinas_Maria Ótima2.jpg

400g de cenouras

175g de açúcar amarelo ou o equivalente em stevia, mel ou geleia de agave

2 ovos

175 g de uma mistura de farelo de aveia e de farinha de arroz

3 colheres de sopa de coco

sumo e raspa de uma laranja

1 colher de chá de fermento em pó

3 colheres de sopa de óleo de coco

 

 

Coza a cenoura e reduza-a a puré depois de muito bem escorrida. Junte o açúcar,  os ovos, o óleo de coco,  o sumo e a raspa  da laranja e bata bem. Adicione a farinha, o coco e o fermento. 

Deite em formas de papel  e leve ao forno a 180º durante cerca de 15 minutos. 

 

Muffins de courgette | Cozinha Ótima

20160724_183223.jpg

 

 

Já tinhamos apresentado no blogue um bolo de courgette, esta receita vem nessa sequência. Não tem gordura e nem farinha de trigo! Vale a pena.

 

1 courgette grande

4 ovos

1 chávena de coco ralado

1 chávena de farinha ao seu gosto, (usei uma mistura de farelo de aveia, maizena e arroz)

1 chávena de açúcar mascavado ou amarelo (usei meia chávena e um pouco de stevia)

2 colheres de chá de fermento em pó

 

Rale a courgette com a casca e reserve.

Levante as claras em castelo e reserve.

Bata bem as gemas com o açúcar, junte a courgette mexendo sempre, adicione o coco,  a farinha e o fermento. Envolva  as claras em castelo cuidadosamente,  vaze o preparado nas formas de papel. Leve a forno médio previamente aquecido cerca de 30 minutos ou até o palito sair seco.

Gostou?

Deixe-nos a sua opinião e partilhe no seu facebook ( encontra os links no fim desta página)

Muito Obrigada

 

 

Gelado de mirtilos | Cozinha ótima

bowl-932980_1920.jpg

 

É sempre possível deliciar-se, sem culpa, com um saboroso e saudável gelado!!! Atreva-se!

 

150 gr de iogurte grego ligeiro congelado em couvetes de gelo

1 banana grande congelada em rodelas

500 gr de fruta congelada em pequenos pedaços (mirtilos, ananás, pessegos, morangos, kiwis ou banana etc)

100 gr de leite magro congelado em couvetes de gelo

100 gr de leite magro 

Stevia liquida a gosto

Baunilha liquida a gosto (veja a nota abaixo antes de usar a baunilha)

 

Num robot de cozinha, que seja potente, triture todos os ingredientes até obter a consitência do gelado. 

Guarde no congelador e sirva com um topping ao seu gosto (chocolate preto quente, amêndoas laminadas, fruta fresca em pedacinhos).

 

Nota: Nesta receita retirei metade do preparado obtido antes de juntar os mirtilos, dos quais usei só 250 gr. Na outra metade usei umas gotas de baunilha. No final servi com dois sabores, mirtilos e baunilha decorado com mirtilos.

 

Gostou?

Deixe-nos a sua opinião e partilhe no seu facebook ( encontra os links no fim desta página)

Muito Obrigada

Húmus | Cozinha Ótima

 

 

humus_Maria Ótima.jpg

O húmus é uma deliciosa pasta de grão de bico muito popular na cozinha árabe. É uma receita completamente vegetariana que pode  usar para barrar sanduíches, acompanhar pratos vegetarianos, ou apresentá-lo como entrada   para acompanhar torradinhas ou pão quente. Uma verdadeira perdição!

 

300 gramas de grão de bico cozido e sem pele

1/2 chávena da água do da cozedura dos grãos.

4 colheres de sopa de Tahine (pasta de gergelim).

2 dentes de alho.

Sumo de 1 limão.

Sal e azeite a gosto

 

 

Demolhe previamente e coza o grão de bico, ou use a versão enlatada, sem aditivos.

Limpe-os das peles.

Verta a água da cozedura, os grãos e o Tahine, os dentes de alho, o limão, o azeite e o sal para um processador de alimentos e triture tudo até formar uma pasta homogénea. Se considerar necessário acrescente mais água da cozedura.

Leve ao frigorífico até ao momento de servir!

Sirva com um fio de azeite e decorado com sementes de sésamo/gergelim torradas e um raminho de manjericão.

 Gostou?

Deixe-nos a sua opinião e partilhe no seu facebook ( encontra os links no fim desta página)

Muito Obrigada

Pedaços de céu cor de rosa | Cozinha rápida

dessert-1079759_1920 (2).jpg

Hoje é sexta-feira, chega a casa cansada e sem ideias. Olha para o frigorífico e nada lhe desperta o interesse. Fica-se por uma salada simples mas, para remate final em grande estilo, escolhe esta mistura simples, muito vistosa e muito apelativa para os sentidos. A família aplaude e você pode brilhar!!! Afinal só demorou 5 minutos a preparar. Boa?!!!

 

Iogurte grego ligeiro qb

Mistura de frutos vermelhos congelados

Stevia ou xarope de ácer qb

 

Comece por triturar duas mãos cheias de frutos vermelhos com um pouco de stevia ou xarope de ácer e reserve.

À parte bata o iogurte com a stevia ou o xarope de ácer. Introduza  frutos vermelhos inteiros na quantidade que gostar e reserve uma parte para decoração final.

Distribua por taças individuais e á medida que vai vertendo o iogurte deite em fio os frutos triturados de modo a que não fique completamente misturado e faça o efeito da foto. 

Decore por cima com frutos vermelhos e  o molho dos frutos triturados.

Gostou?

Deixe-nos a sua opinião e partilhe no seu facebook ( encontra os links no fim desta página)

Muito Obrigada

Churrasco vegetariano | Cozinha saudável

Churrasco vegetariano_Maria Ótimajpg

 

 

Nesta altura do ano é frequente os amigos reunirem para uma “churrascada”.

Misturam-se carnes mais tradicionais, e que são também as mais gordas: entrecosto, febras e enchidos. Tudo bem regado com um bom tinto ou cerveja.

É uma delícia…mas!!! Há um MAS muito grande é que no final nos sentimos completamente em falta com tudo o que havíamos prometido fazer …e lá voltamos nós a não querer subir à balança para enfrentar a realidade.

 

O que fazer então? Não participar nestes grupos e isolar-me só porque gosto de alimentação saudável e de cuidar da minha saúde e corpo?

Não! A solução é mais simples. Um churrasco vegetariano.

Vai surpreender-se pelo sucesso que terá entre os seus amigos.

Se foi convidado leve as espetadas, já preparadas em casa e peça para as grelharem, mas leve uma boa quantidade a contar com os outros porque elas serão tão atrativas que vão desaparecer e corre o risco de ficar sem almoço.

Escolha os legumes e frutas da sua preferência e ouse:

 

Para as espetadas:

Beringelas

Tomate

Pimentos verdes, amarelos e vermelhos

Cebolas

Cogumelos frescos

Cenouras

Beterraba

Nabo

Tofu

Seitan

Maçã

Pêssegos

Ananás

 

 

Costumo apenas cortar os legumes em pedaços não muito grandes e harmonizá-los nos espetos misturando a fruta e os legumes para criar uma paleta de sabores diferenciados.

Há legumes que gosto de temperar previamente com alho em pó e órgãos e pincelar com azeite, é o caso da beringela e da courgette. Não uso sal por opção.

 

Em alternativa aos espetos:

  • “Febras” de Beringela ou de courgette. Aproveite o comprimento e corte fatias não muito grossas de tempere com molho de soja, alho em pó, azeite e orégãos deixe meia hora pelo menos antes de grelhar
  • Banana com casca: Coloque-a diretamente na brasa até ficar bem assada.
  • Batatas doces: escolha as mais finas e embrulhe em papel de alumínio, ponha diretamente nas brasas.

Lembre-se de fazer saladas variadas de alface, rúcula, agrião, aipo, rabanetes, cebolas, courgette, pepinos, pimentos, hortelã e coentros.E claro, para além do azeite e do vinagre um bom molho vinagrete e alguns molhos de iogurte também seriam bem vindos para acompanhar tudo.

Regale-se e prepare-se para ser o centro das atenções da festa.

Gostou?

Deixe-nos a sua opinião e partilhe no seu facebook ( encontra os links no fim desta página)

Muito Obrigada