Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Maria Ótima

Na cozinha, como na arte não há certo ou errado, há opções práticas, saudáveis e combinações inusitadas, coloridas pois nem tudo o que sabe bem faz mal!

Maria Ótima

Na cozinha, como na arte não há certo ou errado, há opções práticas, saudáveis e combinações inusitadas, coloridas pois nem tudo o que sabe bem faz mal!

Broas de batata doce | sem glutén

Broas de batata doce2.jpg

 

Deliciosas broinhas de batata doce que provocam uma explosão de sabores e de boas memórias...
Deixamos aqui duas versões, para quem tem robot e para quem prefere o método tradicional.
 
2kg de batata doce cozida
450g açúcar de açúcar mascavado
250g de miolo de amêndoa picado
250g de coco ralado
raspa de 2 laranjas, 1 clementina, 1 tangerina
casca de 2 clementinas fininha e cortada aos bocadinhos
8 gemas de ovos
1 dl de água para ferver o açúcar
sumo de 1 laranja grande
 
Versão para quem tem robot de cozinha.
No copo do robot de cozinha, com lâmina misturadora,  dispor a água com o açúcar, programe 15 minutos a 90º velocidade 4.  Juntar o puré da batata, e programe 90º velocidade 4 mais 15 minutos pelo orifício do copo, vá juntando a amêndoa, o coco e o sumo de laranja quando terminar, programe velocidade 5 durante 2 minutos e  adicione a raspa e casca das clementinas e em seguida as gemas.
Retire do copo e deixe arrefecer. Molde as broas com as mãos enfarinhadas com farinha de arroz.
 
Versão tradicional sem máquinas
Levar ao lume a água com o açúcar, depois de ferver um durante algum tempo juntar o puré da batata, ir mexendo, juntar a amêndoa, o coco, o sumo de laranja e deixar ferver um pouco nunca parando de mexer, juntar a raspa e casca das clementinas e seguidamente as gemas, continuar a mexer mais um pouco e depois retirar do lume. Deixar arrefecer. Molde as broas com as mãos enfarinhadas com farinha de arroz.
 

Broas de batata doce.jpg